Fundações se unem no enfrentamento ao coronavírus

Fundações se unem no enfrentamento ao coronavírus

Por Neto del Hoyo 

 

Diante do avanço do novo coronavírus, Fundunesp, Funep e Funvet uniram forças para juntar-se à Unesp no enfrentamento à pandemia do Covid-19.

Como fundações de apoio, as instituições concluíram nesta sexta-feira (3) o repasse de R$ 50 mil à Unesp, em seu esforço de pesquisa e ações para diagnóstico do novo coronavírus. O valor total é proveniente de recursos próprios das três fundações.

Conforme definido, esse valor será destinado ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB), por intermédio da Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar (Famesp), que utilizará o montante para compra imediata de equipamentos de segurança para os profissionais que estão na linha de frente.

“Esse repasse será destinado para a compra de equipamentos de proteção individual. São produtos que estão em falta e quando encontrados, são vendidos à vista. Portanto, essa doação vai agilizar essa compra que é essencial para o trabalho dos profissionais e funcionamento do hospital”, explica a professora Maria Cristina Pereira Lima (Kika), diretora da FMB. “Podemos dizer que esse recurso terá um pé na assistência imediata e outro na pesquisa, uma vez que consumimos muito esse tipo de equipamento, por exemplo, na coleta de secreções dos pacientes que vão para análise e estudo. Nesse sentido, esse repasse será fundamental nesse momento onde o conhecimento vai sendo construído agora, quando trocamos o pneu do carro em movimento”, completa.

Vice-presidente da Fundunesp , o professor Max José de Araújo Faria Junior destaca o movimento de união entre as fundações de apoio e também a importância do trabalho desempenhado pela FMB e seus profissionais.

“Atravessamos um momento sem precedentes, onde uma questão de saúde muito séria exige medidas drásticas e que afetam outros setores de nossa sociedade, como a própria economia. Mas entendo que esses momentos difíceis também revelam algo muito bonito em termos de solidariedade. Sabemos que o valor não é suficiente para auxiliar nas pesquisas diretamente, mas temos consciência que, nesse momento, uma ajuda como essa traz algum alívio no atendimento de demandas mais urgentes. Enquanto fundações de apoio, temos convicção de que somente pela Ciência e pelo esforço coletivo esse período de dificuldades será superado”, avalia o professor. “É muito importante que, nesse momento, os profissionais de saúde trabalhem em circunstâncias adequadas, com equipamentos de segurança adequados”, completa.

A professora Maria Cristina Thomaz, diretora-presidente da Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Extensão (Funep), reforça o trabalho de excelência prestado pelo Hospital das Clínicas. “A Diretoria Executiva da Funep, com o conhecimento e concordância do Conselho Curador, decidiu colaborar com o Hospital de Botucatu, tendo em vista a relevância dos serviços que prestam à comunidade e a ciência, de primeiro mundo, que desenvolvem. Essa pequena colaboração foi feita com orgulho por podermos ajudar esses profissionais dedicados, que não medem esforços para atender ao próximo. Neste momento conturbado de nossas vidas, temos que dar as mãos e torcer para que tudo se resolva da melhor maneira e o mais brevemente possível.”

Na diretoria executiva da Fundação de Apoio aos Hospitais Veterinários da Unesp (Funvet), o professor João Carlos Pinheiro Ferreira ressalta a necessidade de sair do estado de inércia e contribuir de algum modo. “Nesse momento que vivemos, a gente percebe a importância dessas relações humanas que muitas vezes a gente não dá atenção. Quando entramos nesse quadro de afastamento, a gente se sente meio impotente, sem saber como podemos ajudar. Por isso, vejo que essa iniciativa das fundações é fundamental”.

Segundo o professor, foi isso que motivou a Funvet a participar do movimento entre as fundações. “Essa ajuda, mesmo que pequena dentro do contexto todo, com certeza vai contribuir e esperamos que ela sirva de exemplo e estímulo para que outras instituições, outras fundações tomem atitudes semelhantes. Se nos unirmos, com solidariedade, essa situação será enfrentada com maior probabilidade de sucesso. Acredito que essa ajuda será ótima para que a faculdade possa exercer de melhor modo possível as diretrizes que a ciência mostra que são importantes para o controle dessa pandemia.”

Diretora da FMB, a professora Kika acredita que a importância da doação feita pelas fundações vai além do valor e de como ele será empregado. “Estamos muito gratos por essa atitude solidária das fundações. Numa situação dessa, de crise, ainda vemos pessoas dando as mãos, mesmo que isso não seja um ato físico. As fundações realmente apoiam a Unesp e demonstram isso com esse tipo de ações. É importante que a comunidade entenda que as fundações realmente têm um papel estratégico”.

Visto 508 vezes Última modificação em Quarta, 22 Julho 2020 13:43
 



 : Rua Libero Badaró, 377 - 23° Andar - Conj. 2310 - Centro
     CEP 01009-906 - São Paulo - SP

 : (11) 3474-5300 / 3474-5346

 

   

 


Logo NEaD - Núcleo de Educação a DistânciaCustomizado por: NEaD - Núcleo de Educação a Distância da UNESP