NOVEMBRO AZUL: Combate ao câncer de próstata

NOVEMBRO AZUL: Combate ao câncer de próstata

Conheça os fatores de risco e veja a importância de cuidados gerais com a saúde masculina que podem fazer a diferença

 

 

 

 

 

Por Uniben – Saúde Ocupacional

 

Neste mês, inicia-se a campanha Novembro Azul com objetivo de conscientizar para o controle, prevenção e diagnóstico do câncer de próstata, além de alertar para a importância de cuidados gerais com a saúde masculina.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), a estimativa é de 65.840 novos casos em 2020. Segundo o Atlas de Mortalidade por Câncer, com dados disponibilizados pelo Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde (MS), em 2018, no Brasil, 15.576 homens morreram em decorrência da doença.

A próstata é uma glândula localizada na parte baixa do abdômen, do tamanho de uma noz, com peso de 20 a 25gr, responsável pela produção do líquido prostático, proteção e nutrição dos espermatozoides no sêmen, e está localizada logo abaixo da bexiga e à frente do reto.

Recomenda-se que os homens, a partir de 50 anos, procurem um profissional especializado, para avaliação, tendo como objetivo o diagnóstico precoce. Já os homens em grupo de risco, devem começar seus exames a partir dos 45 anos.

 

FATORES DE RISCO:

-Casos na família (hereditariedade).

-Alimentação (dieta rica em gordura e carne vermelha, pobre em legumes, vegetais e frutas).

-Sedentarismo e obesidade (estes pacientes tem o câncer mais agressivo)

-Taxas de estrogênio (quanto maior a taxa, maior o risco)

-Etnia (negros têm maior incidência, enquanto asiáticos apresentam menor)

-Região onde se vive (americanos têm mais câncer de próstata que asiáticos)

-Nível de poluição ambiental, assim como contato com derivados de borracha e substâncias como ferro, cromo, chumbo e cádmio

-Idade (quanto mais velho, maior a probabilidade)

 

PREVENÇÃO:

-Manter hábitos saudáveis é a melhor forma de prevenção

-Alimentação balanceada (frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais)

-Diminuir a ingestão de gordura ajuda a diminuir o risco de câncer

-Evitar comer embutidos e produtos ultraprocessados

-Praticar atividade física ao menos 30 minutos por dia

-Manter o peso ideal proporcional à altura

-Diminuir o consumo de álcool

-Não fumar

 

Previna-se, consulte seu médico e ajude a conscientizar a todos.

Visto 88 vezes Última modificação em Terça, 03 Novembro 2020 14:41
 



 : Rua Libero Badaró, 377 - 23° Andar - Conj. 2310 - Centro
     CEP 01009-906 - São Paulo - SP

 : (11) 3474-5300

 

   

 


Logo NEaD - Núcleo de Educação a DistânciaCustomizado por: NEaD - Núcleo de Educação a Distância da UNESP